Balanço geral do carnaval 2016

Agora que o carnaval parece ter realmente acabado (sei lá, daqui a pouco pipoca outro bloco, outro pagode e começa tudo de novo)… vamos Às considerações (algumas):
1) Justiças ou injustiças rolando, escola de samba é aquilo, não conta a avenida, conta o jurado e que interesse ele tem. Aliás, é sempre estranho ver pessoas torcendo sendo que as notas já estão lançadas. É só esperar pra ver, não adianta rezar que o papel não vai se escrever sozinho conforme a vontade da pessoa. Rá!
2) Quem ganha tira onda, quem perde ou reconhece ou se ressente. Não muda. O que também não muda é resultado NUNCA retroagir pra retificar uma injustiça. Tipo gol de impedimento que não é anulado depois que o jogo acaba.
3) Enredo de carnaval tem que remeter à cultura e não ao cenário pop. Ou se faz uma crônica do cotidiano, como nos bons tempos da Caprichosos, ou se homenageia os nossos que embasaram isso tudo, tipo o Império Serrano com Silas de Oliveira ou nossos elementos culturais, tipo Salgueiro com a malandragem.
4) Na carona do item anterior, nunca vou reconhecer um enredo que enalteça artistas populares que nunca falaram uma vírgula pra enaltecer o samba e só dizem adorar pra fazer média e fazer o papel do barra limpa no ano da homenagem. Quando passa, tudo vira cinza, tudo volta ao normal e continuam a ignorar a existência do Samba. Vampiros.

Não pense que só os filhos de Francisco entram na lista de artistas marketeiros do carnaval. Muito cantor metido a rei e gente de outras áreas também pegam carona por conveniência. Mas eu me incomodo é com quem convida.

5) Não vou ser repetitivo de falar em como o carnaval perdeu a essência na maior parte da mídia, mas tá começando a irritar a falta de sambas com cara de samba e menos cara de jingle. Ou melhor, perdão aos jingles, eles ainda têm a vantagem de ser cativantes, coisa que muito samba enredo não vai ter nem de longe daqui um mês. Na verdade, acho que muito integrante – dos que decoraram seus sambas – já deve ter esquecido melodias ao passar pela Praça da Apoteose. Samba a toque de caixa.
Por fim, saudações à transmissão do desfile das campeãs pela TV Brasil, nada mais justo e nada mais coerente, afinal, uma emissora de concessão pública brasileira exibir uma das mais conhecidas manifestações culturais do Brasil é pra glorificar de pé. Há anos que não víamos um início de desfile na TV, que não nos sentíamos um pouquinho na Sapucaí. Ninguém aguenta mais essa palhaçada de perder as primeiras escolas por causa de novelas que se repetem ad eternum, onde um capítulo não faz diferença alguma.
A coisa de pegar um desfile no início, a escola formando, a possibilidade de ver um amigo, um parente, isso tudo morre na Globo, e já pegamos as escolas com uma ponta já na Apoteose e talvez, dê pra pegar a outra na concentração ainda, pra vermos perguntas cretinas e piadinhas tão ruins que nem eu sei contar. Isso que dá, transmissão por quem não entende e nem se interessa. Acomodou no monopólio, alô globo, vamos repensar isso aí.
Mas, voltando:
6) Quando escolas se preocupam mais em cabides de emprego pra (sub)celebridades, tem mais é que comer o pão que o tinhoso amassou.
7) Escola que só põe destaques caucasianxs entre alas já deveria cair na hora do desfile, pra aprender o que é uma escola de samba e respeitar quem foi que amargou perseguição, censura e porrada pra estarem hoje deitados em berço esplêndido. Negro é raiz e vocês fingindo que não notamos como viramos mera mão-de-obra e ferramenta pra seu rico dinheirinho cair no bolso.
Tipo isso.
Anúncios

Sobre Fernando Sagatiba

Negro, jornalista, sambista, desenhista, sarcástico e um pretenso auto-proclamado observador da problemática contemporânea. Filiado à UNEGRO-RJ.
Esse post foi publicado em Carnaval, Divagações e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s