Vitrola de ficha: Sorriso Novo (1985) – Almir Guineto

 

Esse disco é pedrada e agrupa alguns dos clássicos do mestre salgueirense que, olhando hoje, a gente pode nem lembrar (ou nem saber, como muitos), vendo hoje quase como uma coletânea instantânea.

É, hoje ainda tem alguns que conseguem, mas como essa geração, não tem igual. Tantos sucessos e outros que a gente vai lembrando nas rodas e abre um sorrisão quando vê que outros estão por perto com o mesmo olhar de admiração do tipo “cara, tu conhece essa também?”. Rá, adoro.

Só pra tu ter noção da tijolada que esse disco é, estão nele “apenas”: Jiboia, O Destino de Maria, Dalila, Cadê Guará, Insensato Destino e A Vaca. Aliás… é pedrada do início ao fim. #mestre #almir #sorrisonovo

Chega de papo, ouve aê.

 

Anúncios

Sobre Fernando Sagatiba

Negro, jornalista, sambista, desenhista, sarcástico e um pretenso auto-proclamado observador da problemática contemporânea. Filiado à UNEGRO-RJ.
Esse post foi publicado em Vitrola de Ficha e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s